sexta-feira, 21 de março de 2014

Resenha: Por que os homens mentem e as mulheres choram?


Sinopse: 
       Porque os homens mentem? Por que eles acham que têm de estar sempre com a razão? Por que evitam se comprometer? E as mulheres, por que choram para conseguir o que querem? Por que insistem num assunto até a morte? 
       Com base em pesquisas e estudos científicos, os autores de Por que os homens fazem sexo e as mulheres fazem amor? - que vendeu mais de 6 milhões de exemplares ao redor do mundo - explicam o comportamento sempre imprevisível do "outro sexo".
        De forma clara e bem-humorada, eles respondem às nossas principais dúvidas e apresentam soluções práticas para tornar a convivência entre homens e mulheres mais prazerosa. 
                                                                                              (retirado do skoob)



Resenha:
       Livros de autoajuda tem um padrão que se baseia em analisar um determinado público, que é caracterizadamente genérico e generalizado. Por isso, nem sempre agrada. As pessoas são diferentes, seus problemas são diferentes também, apesar de haver a possibilidade de serem semelhantes, se equiparados. Porque os homens mentem e as mulheres choram? é bem tipico do seu gênero: enumera problemas de relacionamento amoroso entre homem e mulher, e vai citando motivações e resoluções em torno de tais.
      Mas, adicionando o diferencial do humor, utiliza-se de ditados populares e outras tiradas para descontrair o tema abordado, que tem muitas complicações emocionais. Para os fãs de autoajuda, ele é uma obra interessante. Boa até, mas não na classificação Boa estilo Augusto Cury. Não é tocante, nem afeta significativamente a vida dos seus leitores (e com isso, estou generalizando. Seguindo a onda da autoajuda.).
         Esse livro tem autoria dupla, um homem e uma mulher, casados. Esse fato provavelmente colaborou com todo o processo de criação: desde a percepção do problema, até as conclusões tiradas, e a orientação das pesquisas realizadas no processo. Esse é um dos pontos altos do livro: eles tentam abordar os dois lados da história, dando atenção tanto à opinião masculina quanto à feminina.

 " Mas a verdade é que tanto os homens quanto as mulheres desejam relacionamentos saudáveis e gratificantes, sem haver  necessidade de nenhuma preparação especial. As mulheres costumam cometer o equívoco de supor que, porque um homem a ama, ele também a entende. Só que não é bem assim que as coisas acontecem. Nós chamamos o outro sexo de "oposto" por um bom motivo - são realmente opostos." 
                                                                                                                (página 10)

Nenhum comentário:

Postar um comentário